Olimpíada de Robótica: Estudantes goianos disputam etapa estadual

Olimpíada de Robótica: Estudantes goianos disputam etapa estadual
(Foto: Divulgação)

Robô terá que resgatar vítimas de um desastre como desafio da competição; estudantes vencedores receberão medalhas e certificados de reconhecimento

Duas equipes de estudantes do Colégio Marista Goiânia vão participar, na próxima sexta-feira (20) e sábado (21), da etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), na Universidade Federal de Goiás (UFG). Eles desenvolveram um robô autônomo, que se movimenta por meio de sensores e que terá como desafio resgatar vítimas de um desastre, sem interferência humana.

O robô deverá ser ágil para superar terrenos irregulares, transpor caminhos desconhecidos, desviar de escombros e subir montanhas para conseguir salvar as pessoas, transportando-as para uma região segura onde os humanos já poderão assumir os cuidados.

A atividade é complexa, mas o coordenador da turma, o professor de Robótica Tiago Henrique Vivas e Silva, garante que a equipe está preparada para encarar o desafio. "Estamos confiantes de que conquistaremos um bom resultado nesta etapa, pois no ano passado ficamos entre as 50 melhores equipes do Brasil", diz.

A primeira equipe é composta por Pedro Lemes Sixel Lobo (1ª série do EM), Sophia Munhoz de Omena Lillo Biagetti (9° ano), Matheus de Sena Carneiro (1ª série do EM), Mateus de Araújo e Vasconcelos (9° ano), Cláudio Vinícius Cerrado Gonçalves (1ª série do EM) e Victor Martins Roncato (9° ano), que fazem aula de Robótica no Núcleo de Atividades Complementares (NAC) do colégio.

A segunda equipe é formada por Fernando Henrique Franco (8° ano), Luís Eduardo Franco Millan (6° ano), Luiz Fernando Isgarbose (6° ano) e Gabriel Elias Aniz Gomes de Oliveira (7º ano), também alunos do NAC.

Considerado o maior evento de robótica da América Latina, a OBR classifica equipes para a RoboCup, maior evento de robótica do mundo. Conta, em média, com mais de 140 mil participantes diretos de todos os Estados. Ao todo, são mais de 3 mil equipes competindo na modalidade prática no País.

Os vencedores da OBR são premiados com medalhas e certificados de reconhecimento. Na etapa nacional, que vai ocorrer de 22 a 26 de outubro na cidade de Rio Grande (RS) e será disputada por 50 equipes. O vencedor ganhará uma vaga para representar o Brasil na etapa internacional, em 2020.

Objetivos e modalidades

A OBR tem o objetivo de estimular os jovens às carreiras científico-tecnológicas, identificar jovens talentosos e promover debates e atualizações no processo de ensino-aprendizagem brasileiro. A competição é destinada a estudantes de qualquer escola pública ou privada do Ensino Fundamental, Médio ou técnico em todo o território nacional, e é uma iniciativa pública, gratuita e sem fins lucrativos.

A olimpíada possui duas modalidades: Prática e Teórica, que procuram se adequar tanto ao público que nunca teve acesso aos conhecimentos sobre robótica quanto ao público de escolas que já têm contato com o tema.

As atividades acontecem em competições práticas (com robôs) e provas teóricas em todo o Brasil. São divididas em etapas regionais, estaduais, nacional e internacional.

Sobre a Rede Marista de Colégios

O Colégio Marista Goiânia integra a Rede Marista de Colégios (RMC), que está presente no Distrito Federal, Goiás, Paraná, Santa Catarina e São Paulo com 19 unidades. Nelas, os mais de 26 mil alunos recebem formação integral, composta pela tradição dos valores Maristas e pela excelência acadêmica alinhada ao mercado. Por meio de propostas pedagógicas diferenciadas, crianças e jovens desenvolvem conhecimento, pensamento crítico, autonomia e se tornam mais preparados para viver em uma sociedade em constante transformação. Saiba mais em www.colegiosmaristas.com.br. (Taís Hirschmann)
 tais@pg1com.com